Logo do siteSilhueta da face do Maujor seguida do texto Maujor o dinossauro das CSS

Menu hamburger Três barras horizontais na cor laranja destinadas a ser clicada para abrir o menu menu do site

Você está no BLOG do Maujor. IR PARA O SITE

Entrevista do Maujor no iEvolution

Publicado em: 2006-11-26 — 10.365 visualizacoes

gif animada de divulgacao da entrevista

A GIF animada acima é uma adaptação simplista que eu fiz, de um banner FLASH desenvolvido pelo pessoal do fórum iEvolution para anunciar uma entrevista com o Maujor publicada naquele fórum.
Uma versão ampliada do banner original em flash pode ser vista nesta página.

A proposta do iEvolution fórum é bastante ousada e amigável.
Os slogans Contribuindo com a evolução da Web e Muito mais que um fórum, uma família traduzem o espírito e disposição dos seus fundadores. Meus mais calorosos votos para que o empreendimento, disposição e vontade de compartilhar conhecimentos permaneçam presentes, norteando os propósitos do fórum.

Criado em 03 de julho de 2006 e portanto com apenas 5 meses de vida o fórum iEvolution ultrapassa neste curto período a impressionante marca dos 35.000 posts e um total de aproximadamente 700 membros. E ultimamente vem batendo seus próprios recordes de novos usuários, usuários online, posts, etc. a cada dia.

Dúvidas? Poste no iEvolution fórum. Lá você encontrará uma “família” disposta a ajudá-lo.

Atualização em 27/06/2016

Revendo os artigos publicados neste Blog encontrei este post escrito há 10 anos. Após algumas buscas no Google constatei que infelizmente o fórum não mais existe. Se alguém tiver alguma notícia para resgatar a história do iEvolution, por favor use os comentários deste post.

Descobri no Google que o site htmlstaff (abre em nova janela) publicou uma transcrição da entrevista ao iEvolução conforme transcrevo a seguir:

Entrevistamos o Maurício Samy da Silva, criador do site http://www.maujor.com, considerado o melhor site sobre CSS no Brasil. Maurício criou o seu site em agosto de 2003 e o mantém até hoje sozinho, motivado pelo amor ao CSS e ao ensino. Através de sua didática e excelente conteúdo e traduções disponibilizados no site, se tornou referência absoluta em CSS.

Evolution Fóruns: Olá Maurício, primeiramente gostaríamos de agradecer por ter aceitado nosso convite para esta entrevista exclusiva. Temos certeza de que será de grande valia para a nossa comunidade, que está crescendo cada dia mais.

Maurício Maujor: Olá Fernanda. Olá administradores e frequentadores do iEvolution Fóruns. Muito me honrou o convite para participar desta entrevista e saibam que a honra é dobrada. Primeiro pela abertura de mais canal para compartilhar minhas ideias e segundo, com a devida licença de vocês, vou me considerar o “padrinho” da seção de entrevistas do iEvolution já que estou sendo o primeiro convidado.

Evolution Fóruns: Como um engenheiro e professor de matematica conheceu o desenvolvimento HTML e como começou a se interessar pelo tema “Padrões Web”?

Maurício Maujor: Minha paixão por computadores começou como aluno de IME nos idos de 1972 quando passava noites em frente a uma máquina de perfurar, gerando cartões com código em linguagem Fortran, para alimentar um “potente” IBM 360 que ocupava uma sala refrigerada com quase 40m2 . Era uma maravilha receber na seção de protocolo do CPD um ou dois dias depois de entregue os cartões, uma pilha de papel formulário contínuo impresso com o código e o resultado da nossa programação, as vezes cálculos bem triviais como resolução de um polinômio do terceiro grau. A partir daí passei por desde a primeira máquina de calcular introduzida no Brasil, a HP36 até meu equipamento atual, com escalas no TK-80, CP100, AT’s etc. Meu envolvimento com “Padrões Web”é bem mais recente tendo começado em fins do ano 2002 quando fui parar não me lembro como e nem porque no site do W3C.

Evolution Fóruns: A matemática te ajudou de alguma forma com CSS e os “Padrões Web”?

Maurício Maujor: Minha formação é cartesiana por excelência. O meu envolvimento com ciências exatas me conduz naturalmente a uma visão analítica que tem por padrão colocar a razão à frente do coração. Sou capaz de passar uma noite inteira com um livro técnico um lápis e uma folha de papel rabiscando soluções a problemas, mas não consigo ler meia dúzia de páginas de um romance ou mesmo de um livro de ficção. Sei lidar muito bem com coisas objetivas, mas tenho dificuldades com aspectos subjetivos, tenho facilidade para programar mas sou um desastre como designer. CSS e padrões Web são matérias com considerável carga de objetividade, assim posso afirmar que a formação matemática, sem dúvida tende a somar nesta questão.

Evolution Fóruns: De onde veio o nome Maujor?

Maurício Maujor: O ‘nickname’ ou pseudônimo como queiram, aconteceu por acaso e surgiu pela primeira vez em 1980 em uma reunião para fundação de um Clube de Pesca do qual fui o primeiro presidente. Por ocasião da escolha do nome do clube decidimos que seria escolhido o nome de um peixe abissal. Todos procuramos nas enciclopédias de então, referências fotos, nomes e textos sobre os peixes abissais. Ocorre que os nomes destes peixes são estranhos e soam a algo sem sentido no mundo da pesca. E num momento de descontração em uma das reuniões, um engraçadinho juntou meu nome com o nome de um destes peixes e o resultado foi “Mau-Jor”. Gostei do nome e passei eu próprio a me designar Maujor nas reuniões do clube. A brincadeira extrapolou os limites de nossas reuniões e até hoje tem muita gente acredita que meu verdadeiro nome é Maujor.

Evolution Fóruns: Como é administrar um site que é considerado a melhor referência em CSS do Brasil?

Maurício Maujor: É uma grande satisfação e uma enorme responsabilidade.
Com anos e mais anos dedicado ao magistério constatei na prática valor do conhecimento que transmitia, acompanhando a realização profissional de meus alunos, assim, poder estar participando do processo de transmissão de conhecimento a esta altura da minha vida é gratificante. Responsabilidade porque não se trata de um tarefa simples. É preciso muito estudo, pesquisa e experimentação para tratar de um assundo tão diversificado e complexo como “Padrões Web”.

Evolution Fóruns: No Brasil, temos uma quantidade razoável de blogs e sites que tratam do assunto “Padrões Web”. Você acha que isso foi importante na divulgação da metodologia no Brasil? O que você acha da comunidade “Padrões Web” brasileira?

Maurício Maujor: Sem dúvida, a partir de meados do ano passado, com a proliferação, popularização e facilidades disponibilizadas pelas ferramentas de publicação na Internet, surgiram muitos Blogs com o propósito de divulgar os “Padrões Web”. Contudo vejo com alguma reserva este crescimento, pois considero dois aspectos a ponderar nesta questão. Um aspecto de alta relevância que é o fato de muitos estarem chamando a atenção para os “Padrões Web”. Hoje não estamos mais restritos a alguns poucos divulgando os “Padrões Web” no Brasil. A rede de divulgadores aumentou consideravelmente, aumentando em consequência o público atingido, isto é positivo.

Por outro lado há o aspecto da qualidade dos conteúdos que estão sendo disponibilizados. Muitos conceitos equivocados e mantenedores de Blogs escrevendo sobre assuntos com um mínimo conhecimento, isto é negativo.

Sobre a comunidade “Padrões Web” posso afirmar que o Brasil conta com excelentes profissionais envolvidos com o desenvolvimento segundo os “Padrões Web” e que nada ficam a dever aos mais conceituados gurus internacionais da área.

Evolution Fóruns: Quais dicas você daria ao profissional que quer migrar seu desenvolvimento para a metodologia dos “Padrões Web”?

Maurício Maujor: Permita-me começar com a dica de como não fazer.

O grande equívoco daquele que se inicia nos “Padrões Web” é o de substimar o conhecimento do assunto.

Na maioria dos casos seguem o caminho das CSS começando por aprender a tirar sublinhado de links a seguir passam a colecionar códigos para menus e barras de navegação, seguem aninhando DIV’s e manipulando imagens de fundo, aprendem algumas propriedades CSS básicas e a partir daí começam a “se bater” para montar um layout básico de duas colunas, sem conseguir colocar o rodapé abaixo das colunas. A partir daí conseguem em fóruns aqui e ali alguns códigos prontos para layout e consideram terminado o aprendizado. Nasceu mais um entendido “Padrões Web” sem sequer ter um mínimo de entendimento de posicionamento CSS e nem mesmo conhecer todas as propriedades das CSS1. Com a linguagem de marcação acontece o mesmo e acabam por codificar em XHTML 1.0 Strict sem ter a mínima noção do significado.

Acessibilidade? Acham que faz parte dos “Padrões Web” mas não conhecem.

Todo este processo de aprendizado dura no máximo duas semanas e o cidadão escreve no curriculum: XHTML + CSS e Web Standards.

A grande dica é a conscientização de que XHTML + CSS não é uma combinação de aprendizado trivial. É preciso muito estudo e principalmente muita prática antes de se aventurar a montar um layout sem tabelas. O caminho para o domínio das técnicas é árduo e trabalhoso. Acumular conhecimentos suficientes para desenvolver segundo os “Padrões Web” com desenvoltura não é tarefa para uma semana ou um mês.

Evolution Fóruns: E Quais dicas você daria ao profissional que quer INICIAR o aprendizado do HTML já na metodologia dos “Padrões Web”?

Maurício Maujor: Semântica é o fundamendo básico para um entendimento sólido do HTML. Conhecer a finalidade exata de cada um dos elementos da linguagem e empregá-lo estritamente para aquela finalidade.

Evolution Fóruns: Como sabemos, nem todos os desenvolvedores perceberam que é vantagem mudar para o método de desenvolvimento respeitando os padrões. Quais as possíveis dificuldades culturais você percebe para uma maior aceitação dos “Padrões Web” no Brasil?

Maurício Maujor: Sem dúvida considero a cultura brasileira do “especialista em generalidades” o maior entrave a uma disseminação ampla dos “Padrões Web” no Brasil. Este é um mal que afeta não só a Web, mas vários outros setores do conhecimento humano em nosso País. A Web é um celeiro de cabeças iluminadas nas mais diversas áreas de sua abrangência. A Web do Brasil conta com excelentes designers, excepcionais programadores, especialistas “Padrões Web” em suas diferentes áreas altamente capacitados e por aí vai numa pleiade de verdadeiros gênios em suas respectivas áreas.

Qualquer um destes profissionais transforma-se em um simples especialista em generalidades no momento em que é solicitado a desempenhar funções para as quais se preparou por força de sobrevivência no mercado. Enquanto um execelente designer estiver sendo solicitado a codificar sua criação, um especialista em XHTML + CSS tiver que criar o visual, um gênio do PHP tiver a obrigação de escrever XHTML Strict ou em fim, um desenvolvedor Web tiver que fazer tudo sozinho, o processo de aceitação e implementação dos “Padrões Web” no Brasil estará a passos de tartaruga. Entregue e principalmente remunere especialistas em cada área para uma tarefa e você terá como resultado um produto de altíssima qualidade.

Entendo que o especialista deve conhecer os fundamentos básicos das tecnologias relacionadas à sua especialidade mas nunca especializar-se em tudo, pois isto é uma tarefa impossível. É o famoso: “Fazer de tudo um pouco e nada bem”.

Evolution Fóruns: Na sua opinião, quais os maiores problemas que se enfrenta ao optar por desenvolver um site seguindo a metodologia dos “Padrões Web”?

Maurício Maujor: O problema que a maioria das desenvolvedores enfrenta ao desenvolver seguindo os “Padrões Web” eu atribuo ao próprio desenvolvedor.

É a falta de conhecimento do assunto. Os “bugs”, as inconsistências dos dispositivos de usuários e toda sorte de incompatibilidades que são muitas e por vezes de difícil detecção, são problemas solucionáveis ou contornáveis. Ocorre que sem um profundo entendimento e conhecimento do assunto, qualquer “bug” bobo é um problemão e vem logo o típico comentário: “estou há duas noites tentando resolver e o porcaria do IEca desconfigura tudo, vou tascar uma tabela para ‘funfar’.” Quer resolver os problemas criados ao optar por desenvolver um site seguindo a metodologia dos “Padrões Web”? Estude muito antes de começar.

Evolution Fóruns: Sabemos que um dos principais problemas relativos à ampla adoção do CSS advém das diferenças entre os navegadores. Para burlar isto, alguns desenvolvedores utilizam várias técnicas como Hacks e comentários condicionais, outros já tentam fazer de forma que as diferenças de visualização sejam pouco perceptíveis. Na sua opinião, qual a melhor forma de lidar com o problema das diferenças entre navegadores na interpretação do CSS?

Maurício Maujor: Para cada situação há um tratamento apropriado. A princípio o ideal é não fazer uso de “hacks”, contudo em certas situações é inevitável seu uso. Cabe ao desenvolvedor decidir o caminho a seguir para cada um de seus projetos específicos.

Evolution Fóruns: Você acha que algum dia teremos um ambiente padronizado, onde o desenvolvedor não mais precisará se preocupar com diferenças de renderização entre navegadores? Que futuro você enxerga no mundo dos navegadores?

Maurício Maujor: Eu não arriscaria uma opinião categórica neste assunto. É incontestável que as atuais evidências apontam para um ambiente padronizado, não só para navegadores gráficos como para todos os agentes de usuário, como leitores de tela, dispositivos móveis, tecnologias assistivas em geral, etc. Contudo não é só a grandeza de ideais e vontade de padronizar que entram como trunfos do jogo. Há interesses outros envolvidos na questão, que podem a qualquer momento mudar radicalmente o curso atual. De uma forma ou de outra, acredito que se chegar um dia, o ambiente padronizado será para meus… talvez bisnetos.

Evolution Fóruns: O que você está achando da atual disputa Firefox X Internet Explorer, que vem sendo chamada de “Nova guerra dos browsers”. O que você pensa disso?

Maurício Maujor: Felizmente para nós esta é uma “guerra” onde as armas em uso não são as mesmas da verdadeira “guerra dos browsers” quando tinhamos batalhas do tipo ‘marquee x blink’, bombardeios com ‘layers’, ‘javascript x jscript’, cães de guerra browsers sniffers, batalhões de framesets e por aí vai num interminável lançamento de ‘petardos’ proprietários que acabavam por atingir em cheio a cabeça dos desenvolvedores. Estamos presenciando não uma ‘guerra’, mas uma disputa por mercado, dentro das regras vigentes onde no final, eu espero e faço votos, os desenvolvedores serão os verdadeiros vitoriosos.

Evolution Fóruns: Atualmente tem se discutido a importância dos chamados “validadores de código”. Alguns dizem que a semântica é mais importante, outros já pensam que validação e semântica não precisam andar separados. O que você pensa sobre o assunto?

Maurício Maujor: Validação e semântica são conceitos completamente diferentes e sem qualquer dependência entre si. Válido não significa semântico, assim como semântico não implica em válido. O ideal é escrever um código semântico e validado. Tenho acompanhado várias matérias escritas recentemente sobre este assunto e a maioria parte da suposição que existe uma confusão entre semântica e validação. Confesso que não descobri de onde veio tal suposição, pois são conceitos tão diferentes que não entendo como alguém com um mínimo de intimidade com “Padrões Web” possa confundí-los. Particularmente, tanto meu site como meu Blog são validados para marcação e para CSS cada vez que publico uma nova matéria. Penso que não se aplica a máxima: “Casa de ferreiro, espeto de pau”.

Evolution Fóruns: Recentemente, você traduziu um artigo de Tim Berners-Lee sobre os rumos do HTML. O que você vê como futuro ideal para o CSS, HTML e XHTML, acessibilidade e usabilidade? E que caminho você percebe como futuro real?

Maurício Maujor: Para mim o futuro ideal é a web universal preconizada por Tim Berners-Lee. As recentes discussões sobre os rumos do W3C deixam a clara impressão de que ninguém conhece ainda o caminho para se chegar lá. Por um lado o W3C admite a necessidade de correções substanciais nos rumos atuais, por outro não há no momento um consenso nem mesmo quanto ao que é preciso fazer para atualizar o HTML. O espaço está aberto a discussão na comunidade internacional e eu estou convicto de que ninguém tem qualquer percepção do caminho a seguir.

Evolution Fóruns: Estamos chegando ao fim da entrevista. Mas antes, você poderia deixar um recado para a galera do iEvolution Fóruns?

Maurício Maujor: É uma grata satisfação saber que o projeto de vocês vai muitíssimo bem. Fundado em 10/07/2006 e portanto com menos de seis meses de existência é digno notar a façanha de ter ultrapassado a casa dos 30.000 posts. Isto é um fato e diante desta evidência meu recado na verdade é um pedido. Peço que continuem no caminho que estão sem se acomodar, sigam o rumo traçado mas inovem sempre. Que o slogan que vocês adotaram, “Muito mais que um fórum, uma família” continue sempre presente no espírito de vocês norteando seus passos.

Evolution Fóruns: A Equipe iEvolution agradece por esta entrevista e deseja muito sucesso a você.

Maurício Maujor: Fernanda, foi um prazer estar com vocês e seus leitores nesta entrevista e por favor sejam portadores dos meus agradecimentos a toda a Equipe do iEvolution pela honra do convite.

Um forte abraço a todos e votos de sucesso a todos vocês.

Perguntas formuladas por: Fernanda e Micox; Entrevista feita por: Administração iEvolution.

Livros do Maujor

Desenvolvimento com Padrões Web? Adquira os livros do Maujor
Clique a "capinha" para visitar o site do livro.

capa livro Grid Layout   capa livro html5   capa livro css3   capa livro HTML5 e CSS3   capa livro RWD   capa livro jQuery   capa livro Bootstrap3   capa livro ajaxjQuery   capa livro css   capa livro html   capa livro javascript   capa livro jQuery Mobile   capa livro jQuery UI   capa livro SVG   capa livro foundation   capa livro Sass e Compass

Esta matéria foi publicada em: 2006-11-26 (domingo). Subscreva o feed RSS 2.0 para comentários.
Comente abaixo, ou link para http://www.maujor.com/blog/2006/11/26/entrevista-ievolution/trackback no seu site.

12 comentários na matéria: “Entrevista do Maujor no iEvolution”

  1. luishenriqueNo Gravatar disse:

    Como disse o Shumi, ja lemos a entrevista dezenas de vezes para fixar sabias palavras.

    Abraços Maujor!

    luishenrique, moderador do “Informativo web”.

  2. TofinhaNo Gravatar disse:

    Show de bola a entrevista!
    Mesmo sendo voltado para o lado da programação (ColdFusion), estou sempre atento ao trabalhos dos designers e procurando sempre adaptar os meus trabalhos as boas práticas do designer e como não pdoeria deixar de ser, recomendo sempre o site do Maujor.
    Parabéns e Sucesso!

    Francisco Paulino
    Tofinha
    ColdFusion – iEvolution

  3. trit0n*No Gravatar disse:

    Minha saudação à ti Maujor.
    Gostei da sua entrevista. Sempre que puder apareça na nossa comunidade… Onde sempre será bem vindo!

    Abraços e sucesso para você.

  4. Carlos EduardoNo Gravatar disse:

    Xou de bola!
    Vou dar uma olhada na entrevista… Parabéns para você, Maujor, e para a galera do iEvolution!

  5. marcinhaNo Gravatar disse:

    A família iEvolution está muito feliz em tê-lo como nosso padrinho!
    A entrevista está maravilhosa e quem ainda não leu, vale muito a pena!

    Maujor, esperamos que você participe sempre do iEvolution! A nossa família o recebe de braços abertos!

    Abraço,
    Márcia

  6. Mr.TheChessManNo Gravatar disse:

    Como moderador do fórum de Web Standards do iEvolution fiquei mto feliz em recebê-lo em nosso fórum. Continue sempre nos visitando!

    Abraço!

  7. ricardomachadoNo Gravatar disse:

    Realmenta uma excelente entrevista, com muita contruibuição para a interner, e ainda poder contar com a presença de um grande Prossifional..

    Parabéns!

  8. TrakinasNo Gravatar disse:

    Olá Maujor, Aqui é o Trakinas Administrador do iEvolution. Fico feliz em receber uma entrevista da pessoa que é considerado a referencia na Web!

    Obrigado;

    Abraços;

    Trakinas.

  9. FelipeMoraisNo Gravatar disse:

    Olá Maujor, todos nos do fórum iEvolution ficamos muito felizes com sua entrevista e felizes por você ter você como padrinho.

    Abraço!

  10. Diego FleuryNo Gravatar disse:

    Salve!

    Fico contente por esse relacionamento. E isso ainda pode gerar vários outros frutos magníficos.

    É ótimo saber que temos você como nosso padrinho.
    Grande abraço, Fleury!

  11. MicoxNo Gravatar disse:

    Eu também gostei muito das respostas. Resolveu algumas curiosidades que eu tinha e esclareceu alguns pontos de vista. 🙂

    Obrigado Maujor.

  12. Rodrigo Castro de SouzaNo Gravatar disse:

    Olá Maujor eu sou o autor do banner e coordenador do iEvolution, estou muito feliz por conceder a nós a entrevista maravilhosa, que pra ser sincero a li umas 10 vezes para guardar sabias palavras.

    Obrigado por ser nosso padrinho e estar mais próximo de nós!

    Abraços,
    Shumi – iEvolution

Comentário:





Teclar "Enter" cria um novo parágrafo. Teclar "Shift + Enter" causa uma quebra de linha.

Subscribe without commenting

topo